DestaqueGoiâniaGoiásImprensaNotícias

Enxaquecas podem ter relação com distúrbios de sono 

As cefaleias primárias, sendo as enxaquecas as mais conhecidas, podem ser desencadeadas por privação do sono, sono fragmentado ou não reparador. Geralmente o sono afeta a dor e vice-versa. Por outro lado, o sono promove o alívio dos sintomas da dor.

Devido a relação entre sono e dores de cabeça do tipo primária, ser comum, a cefaleia e os distúrbios do sono coexistirem no mesmo paciente. Nestes casos, o paciente apresenta dor de cabeça durante a noite ou ao despertar no caso das enxaquecas; já nas cefaleias do tipo tensional, a dor geralmente ocorre no final do dia. A anatomia, bioquímica e a fisiologia explicam a interação entre as cefaleias primárias e os distúrbios do sono através da correlação entre a serotonina e a melatonina, associada aos fatores de risco tais como idade, sexo (feminino entre 50 a 59 anos), obesidade, ansiedade, síndrome das pernas inquietas, insônia e pesadelos.

As enxaquecas se apresentam como dores de cabeça de forte intensidade, geralmente unilaterais, associadas à sintomas de fotofobia, fonofobia, náuseas, vômitos, tonturas, transtornos de humor e alterações sensoriais. As enxaquecas estão intimamente ligadas ao sono, principalmente à insônia. Outro fator importante é que os distúrbios de sono ocorrem três vezes mais em pacientes portadores de enxaquecas.

É importante ressaltar e considerar uma possível associação neurobiológica entre sono e cefaleias. Isso porque é no hipotálamo, região do cérebro que ocorre a regulação do sono e vigília. Além de outras funções hipotalâmicas, a homeostase, o controle da dor, a transição da vigília para o sono e vice-versa, temos também uma associação ao mecanismo da dor de cabeça.

Assim geralmente todos os distúrbios do sono estão, em algum grau, relacionados às cefaleias. Desta forma, os pacientes com queixa de dores de cabeça ao serem avaliados, devem ser incluídas perguntas sobre os padrões de sono e queixas relacionadas. No caso de pacientes com dor de cabeça no período noturno ou ao acordar, que são resistentes aos tratamentos prescritos requerem avaliações através de polissonografias com o objetivo de excluir um distúrbio do sono tratável.

 

Sobre o Instituto de Especialidades e Sono – IES

Com 17 anos de tradição e excelência, o Instituto de Especialidades e Sono (IES), é referência no diagnóstico e tratamento das Doenças do Sono. A clínica possui equipe multidisciplinar, com larga experiência na área e modernos equipamentos além de uma estrutura ampla, com suítes climatizadas e cama box de casal para proporcionar maior conforto durante a noite de sono, na avaliação dos diversos Distúrbios do Sono.

O IES está localizado no Setor Bueno, região nobre de Goiânia proporcionando comodidade, conforto e segurança.

 

Exames:

– Eletroencefalograma

– Polissonografia Basal, Domiciliar e com CPAP/BIPAP

– Testes das Latências Múltiplas do Sono

– Eletroneuromiografia de MMSS e de MMII

– Eletroneuromiografia de 4 membros e de face bilateral

– Eletroneuromiografia com registro de movimento involuntário.

 

Atendemos:

– Particular

– UNIMED

– IPASGO

– GEAP

– AMIL

 

Para maiores informações e dúvidas:

Contato: (62) 3252-1500 / 3253-1919

Whatsapp: (62) 98129-9595

E-mail: atendimento@ies.med.br

Endereço: Rua T 55, N° 869, St. Bueno, Goiânia, Goiás

 

Responsável Técnico: Dra Giuliana Macedo Mendes – CRM/GO: 7375 – RQE 4442 / 4396 / 10095

Etiquetas
Mostrar mais

IES - Instituto de Especialidades e Sono

Com 17 anos de tradição e excelência, o Instituto de Especialidades e Sono (IES), é referência no diagnóstico e tratamento das Doenças do Sono. A clínica possui equipe multidisciplinar, com larga experiência na área e modernos equipamentos além de uma estrutura ampla, com suítes climatizadas e cama box de casal para proporcionar maior conforto durante a noite de sono, na avaliação dos diversos Distúrbios do Sono. O IES está localizado no Setor Bueno, região nobre de Goiânia proporcionando comodidade, conforto e segurança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar